terça-feira, 6 de março de 2012

Ainda Bem.



Faço de cada passo o meu mais novo caminhar.
 Transformo em constante o que antes era  estreito, faço dele o que é crescente e bastante.
Traduzo em tantas outras coisas as coisas antes já tão lindas.
Te acrescento como alento, te encontro nos cantos improváveis do pensamento, te trago nos intervalos breves de cada respirar.
Rememoro o que jamais esqueço, dispenso o adeus, firmo o compromisso, eternizo o que se diz momento.
Vivo no abraço de cada laço que se faz de nós.
Sustento  o que há de melhor no seu encanto, adormeço com seu canto.
Me entrego ao firmamento, faço dele todo intento.
 Me refaço no compasso daquele passo que me leva até você.
E em progressão desenfreada, desenho em cada beijo o meu desejo de te ter.

2 comentários: